NOTA FETARN

129

A Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Rio Grande do Norte (FETARN) agradece a todos os agricultores e agricultoras rurais que participaram do 20º Grito da Terra, realizado na última quinta-feira (15). Reconhecemos o empenho e dedicação por melhores condições de fomento para a agricultura familiar do nosso estado.

Nesta importante ocasião, celebramos também os 61 anos de luta da FETARN em defesa dos trabalhadores e trabalhadoras rurais do nosso estado, sempre na luta por uma democracia participativa. É uma história de resistência e conquistas, impulsionada pelo esforço de homens e mulheres que fazem o Movimento Sindical do Rio Grande do Norte. O Ato foi um momento de reafirmar a luta pelos nossos direitos e a busca por soluções para os desafios enfrentados pelo povo do campo.

No entanto, gostaríamos de destacar que esperávamos respostas mais concretas do Governo em relação a pauta do Grito e apoio à 7ª Marcha das Margaridas, que acontecerá em Brasília nos dias 15 e 16 de agosto. As margaridas marcham pela reconstrução do Brasil e pelo bem viver.

Reafirmamos nosso compromisso na luta pela ampliação de políticas públicas que promovam a ampliação da produção da agricultura familiar, que garante 70% da comida que chega na mesa do povo brasileiro todos os dias e que promova sustentabilidade com desenvolvimento social e proteção ambiental. E isso se faz através de melhores condições de vida no campo, valorizando o trabalho realizado na agricultura familiar.

Por isso agradecemos a todos e todas que se somaram nesta luta que contribuiu para o sucesso do 20º Grito da Terra RN, na comemoração dos 61 anos da FETARN. Sua participação foi essencial para avançarmos em direção ao futuro melhor para o desenvolvimento rural sustentável do Rio Grande do Norte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here