FETARN realizará Grito da Terra 2023 no dia dos 61 anos de sua fundação

88
No dia 15 de junho, a Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Rio Grande do Norte (FETARN) completará 61 anos de existência. A entidade está organizando uma programação diversificada que culminará com o Grito da Terra 2023. O ato acontecerá no próprio dia 15/06 com concentração a partir das 7h na no Mercado da Agricultura Familiar e caminhada por volta das 9h em direção à Governadoria, no Centro Administrativo, em Lagoa Nova, Natal.
Buscando a construção do Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário no RN, a FETARN realiza a 20ª edição do Grito da Terra do RN com o objetivo de apresentar reivindicações aos Governos estadual e federal para realização de ações e políticas para desenvolver o setor. A mobilização tem o intuito de mostrar à sociedade a importância da agricultura familiar na produção de alimentos, na segurança alimentar e nutricional, na conservação ambiental e no desenvolvimento do Estado e Pais.
O documento da Plataforma da Agricultura Familiar possui seis eixos temáticos: 1 – ações para o desenvolvimento da agricultura familiar, agrário e ambiental no estado (subdividido em: 1.1 reordenamento agrário, 1.2 convivência com o semiárido e infraestrutura, 1.3 economia solidária e cooperativismo, 1.4 pessoal, 1.5 energias renováveis); 2 – mulheres rurais; 3 – juventude rural; 4 – terceira idade; 5 – controle social e 6 – políticas sociais e de segurança.
No primeiro eixo, destaques para: política de estado para garantir ampla realização do Reordenamento Agrário, fortalecendo a regularização da malha fundiária do estado; ampliar ações de construção de tecnologias alternativas de convivência com o semiárido; implementar a Política e o Plano Estadual de Agroindustrialização Familiar com a criação do “Projeto RN Produtivo”; reestruturar a Emater, Emparn, Idiarn, Igarn e Idema; elaborar e executar um Programa Estadual de Fomento a Geração e Uso de Energias Renováveis pela Agricultura Familiar para produção e consumo; controle social através de Comitê específico para discutir as ações das energias renováveis no RN, entre outros.
Já nos demais eixos, reforçam, exemplo: fortalecer a Rede/Comitê Estadual de Enfrentamento a Violência Contra a Mulher: Delegacia de Defesa da Mulher, Defensoria Pública, Núcleo de Enfrentamento a Violência Contra a Mulher, Casa Abrigo; celebrar convênios com a Fetarn/EAJ/UFRN; instituir serviços de acolhimento (lares e abrigos) para idosos e idosas nas diversas regiões; garantir o controle social das políticas públicas para agricultura familiar, a exemplo da reativação e estruturação o Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável – Cedrus e fortalecimento do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional – Consea.
HISTÓRIA DA FETARN
“Com trabalho e dedicação na defesa incansável dos direitos e interesses dos trabalhadores e trabalhadoras rurais, a FETARN vem escrevendo sua história com luta, coragem e persistência. Essa trajetória é fruto da organização, trabalho, articulação e mobilização da entidade junto aos polos sindicais, sindicatos e delegacias sindicais, que vêm, desde a sua fundação, construindo o Movimento Sindical de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais – MSTTR”, explica seu presidente Erivam do Carmo.
Segundo o dirigente, ao longo de seis décadas, a FETARN consolidou-se como principal instrumento no Estado para a ampliação e fortalecimento da organização e representação sindical e da luta dos trabalhadores e trabalhadoras rurais no RN. Ele reforça que na Constituição de 1988, participaram de diversas ações em defesa dos direitos da categoria, obtendo conquistas históricas que até hoje proporcionam melhorias no cotidiano dos trabalhadores e trabalhadoras do campo, a liberdade e autonomia sindical, a constituição do Sistema de Seguridade Social, a inclusão dos rurais no Regime Geral da Previdência Social, a igualdade de direitos entre urbanos e rurais, a criação do Sistema Único de Saúde – SUS.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here