DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA É A PRINCIPAL DATA DE REAFIRMAÇÃO DA LUTA DO POVO NEGRO E QUILOMBOLA

92

A maioria da população brasileira é composta por pessoas negras. Segundo dados do IBGE, os negros e negras são 56% em todo o Brasil. Para celebrar e fazer uma reflexão sobre a importância do povo negro e quilombola e da cultura africana no Brasil, de suas lutas e direitos, bem como de denunciar o preconceito e a opressão ainda muito presentes em suas vidas, foi criado o Dia da Consciência Negra.

O Dia da Consciência Negra é celebrado em todo o Brasil em 20 de novembro. A data faz referência à morte de Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares – situado entre os estados de Alagoas e Pernambuco, na Região Nordeste do Brasil.

Mesmo representando a maioria da população brasileira, 77% das vítimas de mortes violentas, envolvendo homicídio doloso, latrocínio, lesão corporal seguida de morte e mortes por intervenção policial, são pessoas negras, segundo dados do Atlas da Violência.

Para a CONTAG, o Dia da Consciência Negra é a principal data de reafirmação da luta do povo negro e quilombola, pois o 13 de Maio, Dia da Abolição da Escravatura, foi deixado de lado pelo movimento negro por representar uma “falsa liberdade”. Afinal, após a Lei Áurea, a população negra e escravizada não ficou livre, na verdade, foi entregue à própria sorte, sem nenhuma proteção social garantida pelo Estado. Todas as vidas importam, inclusive as negras, que representam a força e a cara de um Brasil tão rico, diverso e aguerrido!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here